Main Menu
Home
Introdução
Filosofia do Kyokushin
Kyokushin No Mundo
Kyokushin no Brasil e no RS
Sosai Masutatsu Oyama
Kancho Shokei Matsui
Eu e o Kyokushin
Kihon Gueiko
Graduação
Vocabulário Básico
Dojo Kun
Onde Treinar Kyokushin
DVDs de Kyokushin
Clips de Kyokushin
Links de Kyokushin
Bibliografia Utilizada
Galerias de Fotos
Eventos de Kyokushin
Resultado de Campeonatos
Downloads
Contato
Busca Interna
Syndicate
Previsão do Tempo

Google Ads
Notícias Recentes de karate Kyokushin Oyama

Eu e o Karate Kyokushin Oyama PDF Imprimir E-mail

Eu e o Karate Kyokushin Oyama

kyokushin kai karate oyama

Meu nome é Ricardo Luz Pettini, e comecei a praticar Karate Kyokushin Oyama aos 17 anos, mas desde os 10 anos eu sempre quis praticar alguma arte marcial, porém meus pais nunca me permitiram pois segundo eles eu ficaria violento. dá para acreditar nisso? em plena década de 90 ainda tinha gente que pensava assim (ainda hoje isso acontece, né?).

Quando eu estava para me formar no segundo grau (em 1996) comecei a pesquisar academias de artes marciais aqui em Porto Alegre, nos mais diversos estilos, mas nenhuma dos estilos era o que eu estava procurando (pois não tinha contato). Finalemnte eu entrei em uma academia cujo nome era estranho e engraçado de se pronunciar (on nome da academia era [e ainda é] Kyokushin), e para minha sorte estava tendo um treino de karate na hora que eu cheguei lá. Quem estava dando a aula era o Sensei Vilmar (atualmente 2º dan), e logo me interessei pelo estilo, mas só pude iniciar a praticar um ano depois, devido a problemas pessoais.

Comecei a treinar em abril de 1997, com o sempai Carlos Alberto, que é um ótimo professor para crianças e iniciantes, pois explica muito bem o conteúdo. Em seis meses de treino eu já estava na faixa azul e em nove, eu cheguei a faixa amarela. Foi nesta época que comecei a treinar com o Sensei Aderino (3º dan), com quem aprendei muito, e ainda sigo aprendendo. Foi nessa época que recebi o meu apelido (Piu-Piu) que até hoje me acompanha.

Em dezembro de 1998 eu fiz exame para faixa verde, o qual passei sem muitas dificuldade, apesar de ter lutado com o Alexandre Trindade (que estava fazendo exame para faixa azul) que hoje é faixa marrom.



 
 

© 2017 Kyokushin Kai - Karate Kyokushin Oyama - todos os direitos reservados
Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.
free log