Main Menu
Home
Introdução
Filosofia do Kyokushin
Kyokushin No Mundo
Kyokushin no Brasil e no RS
Sosai Masutatsu Oyama
Kancho Shokei Matsui
Eu e o Kyokushin
Kihon Gueiko
Graduação
Vocabulário Básico
Dojo Kun
Onde Treinar Kyokushin
DVDs de Kyokushin
Clips de Kyokushin
Links de Kyokushin
Bibliografia Utilizada
Galerias de Fotos
Eventos de Kyokushin
Resultado de Campeonatos
Downloads
Contato
Busca Interna
Syndicate
Previsão do Tempo

Google Ads
Notícias Recentes de karate Kyokushin Oyama

Sosai Masutatsu Oyama PDF Imprimir E-mail

Segundo Yussof (2005), além de Oyama levar uma cópia do livro de Yoshikawa, escolheu o Monte Minobu por ser o local onde Miyamoto Musashi desenvolveu seu estilo (Nito-Ryu). Após seu retorno a civilização, lutou e sagrou-se campeão, no ano de 1947, no All Japan Karate Tournament, realizado em Kyoto, no Maruyama KaiKan (Yussof, 2005; Garcia, 2003, Lorden, 2000). Porém segundo Bluming (2004) este torneio nunca ocorreu, uma vez que os americanos não permitiam a prática de artes marciais nesta época.

Após este campeonato, Oyama se isolou novamente nas montanhas, porém desta vez foi para o monte Monte Kiyosumi, também na prefeitura de Chiba. Oyama treinava lutando com árvores, e praticando meditação sob quedas d'água congelantes, bem como realizando 100 repetições de kata por dia (Lorden, 2000).

Um aluno de Oyama o acompanhou neste árduo treinamento, mas após seis meses ele fugiu durante a noite, pois a solidão era muito grande. Um dos artifícios utilizados por Oyama para não retornar a civilização era cortar a sobrancelha, pois desta forma ele teria vergonha de ser visto (Yussof, 2005).

Após seu retiro nas montanhas, Mas Oyama viajou pelo mundo demonstrando seu estilo (Oyama, 1979), sendo ele o maior divulgador do Karate fora do Japão. Em abril de 1952 viajou para os Estados Unidos, a convite da Chicago Pro Wrestlers Association, onde lutou com mais de 270 lutadores, vencendo todos seus oponentes e em grande parte de suas lutas ele os vencia apenas com um golpe (Garcia, 2003). Esta viagem que estava planejada para ser uma viagem curta acabou durando 10 meses, e Oyama percorreu 32 estados no território americano, Canadá, Cuba e México (Lorden, 2000).

Segundo Bluming (2004) coloca que Oyama enfrentou apenas lutadores de luta livre ("tele-catch"), em lutas "pré-aranjadas", uma vez que ele viajou para os Estados Unidos como lutador profissional ("professional wrestler"). Esse autor também diz que Oyama comentou que as lutas dos americanos eram engraçadas, por causa do fingimento, e que os lutadores era muito fracos.



 
 

© 2017 Kyokushin Kai - Karate Kyokushin Oyama - todos os direitos reservados
Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.
free log